PREENCHIMENTO COM TOXINA (BOTOX)

O Preenchimento com toxina, mais conhecida como Botox, é feita a partir de uma bactéria chamada Clostridium botulinum. Essa bactéria, quando ingerida em grandes quantidade causa uma doença que paralisa os músculos, o botulismo. Entretanto a toxina botulínica é uma proteína produzida em laboratório por meio desta bactéria e a dose utilizada para o tratamento médico é infinitamente menor, ou seja não há nenhum risco de causar botulismo! Assim, aproveitamos apenas o lado positivo desta toxina.

Inicialmente o preenchimento com toxina foi utilizada na oftalmologia, para doenças como blefaroespasmo (contração involuntária da pálpebra). Com esse uso, uma oftalmologista americana chamada Jean Carruthers, observou que ao aplicar a toxina na região ocular havia diminuição das rugas perioculares (pé de galinha). Junto com seu marido, o dermatologista Alastair Carruthers, iniciaram o uso da toxina botulínica para outras rugas faciais. Foi aí que começou o uso na dermatologia estética.

O preenchimento com toxina age no músculo, causando paralisia e assim, diminui as rugas. Este processo é reversível e a toxina eliminada pelo organismo, por isso tem duração em torno de 3 a 6 meses. As rugas que podem ser melhoradas com o botox são as causadas pela movimentação do músculo como pés de galinha, rugas da testa e entre sobrancelhas, rugas do pescoço.

Além do uso da toxina nas rugas, há várias outras indicações como:

1) Hiperidrose (sudorese excessiva, mais comum na axila e mãos)

2) Enxaqueca

3) Assimetrias faciais

4) Sorriso gengival (quando há uma exposição excessiva das gengivas)

5) Sialorreia (salivação excessiva por dano neurológico, cirurgias na região da cabeça e pescoço, etc).

6) Cicatrizes (especialmente durante a cirurgia para prevenção de queloides).

Como funciona o preenchimento com toxina: As rugas são causadas pelas dobras na pele que acontecem com a contração da musculatura da face. Quando esses músculos estão relaxados, a pele mantém-se lisa. Inicialmente, essas rugas são dinâmicas, ou seja, só acontecem com a movimentação muscular durante a mímica facial (expressão). Com a idade, ocorre diminuição de fibras colágenas e elásticas que fazem com que a pele fique mais frágil. Ocorrem “quebras” da pele, que são as rugas estáticas (“definitivas”), ou seja, rugas que estão presentes mesmo com a musculatura relaxada. Essas rugas também pioram com a contração muscular.

           

A toxina botulínica age na musculatura, causando relaxamento. Por isso, quando usada precocemente e rotineiramente, consegue evitar que as rugas do movimento (dinâmicas) fiquem fixas (estáticas). Porém, também consegue suavizar as rugas já fixas.

 

Quem pode fazer o preenchimento com toxina: Atualmente, considera-se a toxina botulínica um procedimento preventivo, ou seja, está indicado para pacientes que querem prevenir as rugas, evitar que as rugas do movimento fiquem fixas. Não há uma idade mínima para seu uso, em geral em torno dos 25 anos já temos indicação, uma vez que já inicia-se os primeiros sinais de envelhecimento como rugas perioculares (pés de galinha), da testa e entre as sobrancelhas. Nesta idade, as rugas só aparecem durante a expressão facial, por isso são chamadas rugas de expressão. Esta é a indicação ideal para a toxina botulínica.

 

Entretanto, não quer dizer que pacientes com maior idade e com rugas já fixas, não tenham indicação. Na verdade, a toxina botulínica ajuda a suavizar estar rugas e prevenir rugas futuras. Por isso, deve ser associada a outros procedimentos que visam melhorar as rugas já fixas.

 

Como é feito o procedimento: O procedimento é muito simples, dura em torno de 30 minutos e é realizado com agulhas muito finas. Antes da aplicação é feita anestesia tópica com creme anestésico, o que torna o procedimento muito tolerável e com pouco desconforto. Após a aplicação orienta-se evitar deitar por 4 horas, evitar atividade física no dia, não aplicar gelo (pois pode prejudicar a absorção da toxina), movimentar o rosto o máximo por 1 hora (fazer caretas). Também não é recomendado a viagem de avião no mesmo dia (liberado dia seguinte). Normalmente não há inchaço, mas pode ficar um pouco roxo no local da aplicação.

           

 

Duração: A duração do preenchimento com toxina é muito variável, em torno de 3 a 6 meses com média de 4 meses. Pode diminuir a duração em algumas situações como: atletas (degradam a toxina mais rápido), homens (tem a musculatura mais forte), técnica de aplicação, grau de envelhecimento facial e fatores individuais.

botox 1
botox 1

press to zoom
botox 2
botox 2

press to zoom
botox 1
botox 1

press to zoom