HARMONIZAÇÃO FACIAL

O termo harmonização facial está em alta, especialmente pela popularização do preenchimento com ácido hialurônico e toxina botulínica, além da divulgação em mídia social por celebridades. Harmonização facial é o conjunto de procedimentos estéticos pouco invasivos que objetivam a melhora global da face, e não apenas uma ruga ou área específica.

A harmonização facial não é uma novidade, mas sim uma nomenclatura mais recente. Uma vez que há muito tempo realizamos essa combinação de procedimentos, que são complementares uns aos outros como: preenchimento com ácido hialurônico, bioestimuladores de colágeno, toxina botulínica, peelings e lasers, com objetivo de melhorar todas as camadas do rosto, ou seja: osso, musculatura, gordura e a pele, deixando o  rosto mais harmônico e rejuvenescido.

 

Desta forma, a harmonização facial não é um procedimento exclusivo para pessoas que querem rejuvenescer, pois conseguimos melhorar aspectos constitucionais como uma mandíbula muito fina, olheiras fundas, queixo para trás (retrognatismo) entre outras alterações que são decorrentes da formação da pessoa, e não exclusivas do envelhecimento. Mas claro, a harmonização facial, além de melhorar algumas assimetrias e potencializar os pontos positivos do rosto do paciente, também é utilizada para o rejuvenescimento.

Qual é a diferença da harmonização facial para outras técnicas? Antigamente, quando o ácido hialurônico e a toxina botulínica (“botox”)  foram descobertos para o uso cosmético, o propósito era melhorar algo pontual, como rugas do “pé de galinha” ou sulco (ex”bigode chinês”). Hoje, com o melhor entendimento da anatomia da face e o processo de envelhecimento, buscamos melhorar o rosto como um todo.

E quais áreas podemos melhorar com a harmonização facial? Todas as áreas do rosto, como expliquei anteriormente, desde osso (que é a estrutura que fornece o suporte para toda nossa face) até a textura e qualidade da pele. Por isso estamos sempre falando em melhora do suporte do rosto, região malar (maçã do rosto, muito importante para a jovialidade da mulher), região mandibular e mentoniana (contorno do rosto e queixo), área de têmporas.

A harmonização facial tem o objetivo é melhorar o rosto como um todo, de forma natural, e também prevenir o processo de envelhecimento. Mas, apesar dos procedimentos serem menos invasivos que a cirurgia plástica, apresentam vários riscos e por isso devem ser realizados com médicos capacitados e experientes nas técnicas.

harmonização facial
harmonização facial

press to zoom
harmonização facial
harmonização facial

press to zoom