VERRUGA

A verruga é uma lesão benigna causada por um vírus, chamado HPV (papilomavírus humano). Há mais de 200 tipos de vírus HPV e alguns são responsáveis pelas verrugas, enquanto outros pelos cânceres (ex: câncer de colo do útero). Assim sendo, as verrugas comuns na infância e adolescência não correm o risco de virar câncer.

A infecção ocorre pelo contato com objetos contaminados e também ocorre por autoinoculação (infecção de outras partes do corpo). As lesões genitais (condiloma acuminado) e os papilomas laríngeos podem ser adquiridos através do canal de parto. O vírus HPV tem período de incubação variável (semanas a mais de um ano), por isso muitas vezes não é possível identificar a transmissão.

O vírus fica localizado na epiderme onde induz a pele a produzir células escamosas e com isso resultando nas lesões verrucosas.O organismo, em geral, consegue eliminar essa infecção. No entanto, não é possível saber quando, podendo durar meses a anos. Durante todo tempo que a verruga está presente, pode infeccionar outros locais da pele, e até mesmo mucosas.

 

O tipo mais comum de verruga é com verrucosidades (parece uma couve-flor), mas há outros tipos como verruga plana (pequenas manchas brancas e planas 2-3 mm), verruga plantar (“olho de peixe” ou parecido com calo).

Há várias opções de tratamento, a depender da localização, faixa etária e tipo da verruga. Não há um tratamento antiviral específico para o HPV. Os tratamentos disponíveis pretendem induzir a imunidade do hospedeiro para que ocorra a eliminação da lesão. Pode ser realizado com crioterapia (congelamento com nitrogênio líquido), eletrocauterização, aplicação de ácidos no consultório e domiciliar, entre outros.

verruga 1
verruga 1

press to zoom
verruga 2
verruga 2

press to zoom
verruga 4
verruga 4

press to zoom
verruga 1
verruga 1

press to zoom