LIPOMA

Os lipomas são tumores benignos muito comuns, compostos por células de gordura e localizados entre a pele e o músculo, aparecendo como uma protuberância na pele (a pele sobre o lipoma tem aparência normal). Em geral são nódulos subcutâneos móveis, indolores e únicos, porém podem ser dolorosos e/ou múltiplos. Podem aparecer em qualquer lugar do corpo e são mais frequentes a partir da 4a década de vida.

Lipomas múltiplos são mais comuns em portadores de síndromes com acometimento familiar, que podem ser no contexto de síndromes exclusivamente lipomatosas (só lipomas) ou mais raramente apresentar acometimento multissistêmico, ou seja, mais de um órgão acometido.

           

Geralmente apresentam um crescimento lento e a cirurgia não é obrigatória, sendo realizada por questões estéticas. Quando a lesão apresenta rápido crescimento a cirurgia é recomendada, pois pode-se tratar de uma lesão maligna como lipossarcoma, e nestes casos a análise microscópica (biópsia) da lesão é necessária.

           

A causa do lipoma, assim como de muitas outras lesões tumorais é desconhecida. Acredita-se que haja uma tendência genética, uma vez que é comum a presença em membros de uma mesma família. Além disso, os lipomas são mais comuns em pessoas com sobrepeso, diabéticas e com colesterol elevado.

Normalmente os lipomas apresentam um crescimento lento inicial e permanecem estáveis, porém não somem espontaneamente. Podem aumentar de volume com o ganho de peso, porém o emagrecimento não diminui o tamanho do lipoma e pode fazer com que a lesão fique mais evidente (uma vez que diminui a gordura normal ao redor da lesão).

lipoma 1
lipoma 1

lipoma 2
lipoma 2

lipoma 1
lipoma 1

1/2